Menu principal

Publicidade

No images

Visitas

HojeHoje20
Este MsEste Ms381
TodasTodas26846
Pneus
Comrcio de Pneus, Ligeiros, Todo-o-Terreno, Comerciais, Pesados, Industriais, Agrcolas, Motos e Reconstrudos.

Pneus? O que afinal um pneu?

Histria do Pneu

Como muitas das maiores invenes da humanidade; o pneu tambm tem sua histria peculiar. Em 1834, uma alfaiataria de Massachusetts presenteou o ento presidente dos Estados Unidos, Andrew Jackson, com um terno impermevel. A goma aplicada ao terno ficou conhecida como borracha. Na mesma alfaiataria, o filho de um inventor de ferramentas foi designado para resolver um dos maiores problemas da borracha: endurecer no frio e derreter no calor. Seu nome: Charles Goodyear. Depois de at ser preso por no conseguir pagar suas dvidas (adquiriu emprstimos para suas pesquisas), Goodyear encontrou a frmula: "cozinhar" a borracha em altas temperaturas. Isso aconteceu em 1839. Dois anos depois, ele pediu a patente de vulcanizao da borracha. Em 1845, um engenheiro escocs revestiu as rodas de sua carruagem com borracha vulcanizada inflada com ar, para diminuir o barulho e torn-la mais macia. Em 1888, John Boyd Dunlop, tambm escocs mas que vivia na Irlanda, descobriu uma maneira de evitar as quedas de seus filhos na bicicleta: costurou uma vlvula a um tubo de borracha e encheu esse tubo com ar, cobrindo com um pedao de lona. Assim surgiu o primeiro pneu para bicicletas. Na Frana, os irmos douard e Andr Michelin foram os primeiros a patentear o pneu para automveis. Em 1894, haviam naquele pas apenas 200 carros, todos com motores a vapor e pneus de borracha macia. Numa corrida entre Paris e Bordeaux, em 1895, os irmos Michelin inscreveram um carro com pneu inflvel, que ganhou a corrida com certa folga. O problema eram os constantes furos nos pneus. Em 1903, diante do grande sucesso, eles foram negociar seu produto numa pequena mas promissora cidade americana chamada Detroit, onde acabava de ser montada uma grande fbrica de automveis: a Ford. Em seguida, vieram pedidos de patentes de outros fabricantes: Pirelli, Firestone, Goodyear e muitas outras. A histria do pneu tem curiosidade. Quem fundou a Goodyear no foi Charles Goodyear, mas Frank A. Sciberling, que deu sua empresa o nome Goodyear, em homenagem ao inventor do processo de vulcanizao da borracha. J o boneco Bibendum, da Michelin, foi criado quando os irmos Michelin viram uma pilha de pneus que, de longe, parecia uma pessoa.

Quais as funes dos pneus?

- Suportar a carga.
- Oferecer respostas eficientes nas travagens e aceleraes.
- Assegurar a transmisso da potncia motriz.
- Contribuir com a suspenso do veculo no conforto.
- Garantir a dirigibilidade do veculo.

Carcaa - a parte resistente do pneu, constituda de lona(s) de polister, nylon ou ao. Retm o ar sob presso que suporta o peso total do veculo. Nos pneus radiais as cinturas complementam sua resistncia. Tales - So constitudos internamente de arames de ao de grande resistncia e tem por finalidade manter o pneu acoplado ao aro.
Banda de Rodagem - a parte do pneu que entra directamente em contacto com o solo. Formada por um composto especial de borracha que oferece grande resistncia ao desgaste. Seus desenhos constitudos por partes cheias (biscoitos) e vazias (sulcos), oferecem desempenho e segurana ao veculo.
Flancos - Protegem a carcaa de lonas. So dotados de uma mistura especial de borracha com alto grau de flexibilidade.

Os pneus por norma so pretos feitos de borracha e tm um buraco no centro, aprenda mais sobre eles, e saiba ler um pneu. Olhe de perto para o flanco do pneu, porque todos possuem uma nomenclatura que descreve a largura, a serie, o dimetro, o ndice de velocidade e de carga, alem de outras informaes. E, como bom saber que tipo de suporte temos debaixo do chassis do nosso veculo, no custa aprender. Para si, como simples condutor ou profissional do sector, muito til conhecer os seguintes detalhes. Tome o exemplo da seguinte terminologia de um pneu: 205/65R15 91V. A inscrio 205/65R15 indica-nos a dimenso e o tipo de construo do pneu. 205 a largura da seco do pneu em milmetros. O nmero seguinte a razo entre a altura da seco do pneu e a largura da sua seco, expressa em percentagem. Ou seja, a altura 65% de 205. A letra R indica que estamos perante um pneu com o tipo de construo radial e, por conseguinte, muito mais eficaz em inmeros aspectos face ao seu predecessor, o pneu diagonal ou convencional. O 15 representa o dimetro da jante em polegadas. Por ltimo, passemos aos ndices de carga e velocidade. O nmero 91 indica o ndice de carga ou peso mximo que o pneu suporta, numa montagem simples, garantido todas as condies de segurana. A letra V indica a velocidade mxima para qual o pneu foi concebido. Neste exemplo a velocidade mxima que o pneu suporta de 240 km/h.